top of page

Quando os planos do Senhor são diferentes dos nossos.

"O homem faz planos, mas a resposta certa vem dos lábios do Senhor."


Quando os planos do Senhor são diferentes dos nossos, os caminhos são perfeitos em todo tempo.


Marco Manzano, missionário em Asas de Socorro, viveu, como todos nós, momentos de angústia e frustração durante o planejamento de uma ação missionária.


Quem já não passou por tristezas diante de situações frustrantes, aos olhos humanos? Quem não chora e lamenta?


Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo, que em todo tempo tem planos perfeitos para nós e para cada ser vivente. Pode até demorar, mas, depois da angústia, vem o consolo e a plenitude do soberano e maravilhoso agir de nosso Senhor. Louvado seja o Senhor!


Na voz de Marco Manzano, um depoimento que nos inspira e encoraja a esperar no Senhor, pois grandes coisas Ele fará, em Seu tempo.


cirurgia

"Para nossa última e recente viagem missionária, tínhamos um planejamento de três semanas de trabalho.


A primeira semana seria de atendimento médico, no município de Pauini, com uma equipe médica composta por dois cirurgiões, duas enfermeiras, uma anestesista e uma psiquiatra. Cerca de 25 cirurgias estavam programadas. Todas as cirurgias seriam realizadas gratuitamente pelos médicos voluntários, no hospital público do município, em uma parceria com a secretaria de saúde local.


Na segunda semana de trabalho, faríamos a instalação de seis estações de tratamento de água em comunidades ribeirinhas próximas à Pauini, como parte do projeto "Água Limpa", desenvolvido por Asas de Socorro na região do rio Purus, levando acesso à água potável e Água Viva aos moradores de comunidades isoladas.


Já na última e terceira semana, teríamos o avião de Asas de Socorro dando suporte para a instalação de mais seis estações de tratamento de água em comunidades ribeirinhas mais distantes, em continuação às ações do projeto "Água Limpa".


No entanto, os planos mudaram. Diferente do planejado, as semanas de instalação das unidades de tratamento de água precisaram ser canceladas. O planejamento da ação missionária foi completamente alterado. Com a mudança da agenda, fiquei um pouco perdido. Estava programando uma viagem com três ações diferentes e só uma aconteceria. Tentei me reorganizar, criando algumas outras ações nas comunidades, para o compartilhar da palavra e do Evangelho.



Contudo, tudo que tentei não consegui, por dificuldades de logística e temporais. Orava pedindo a direção de Deus. Perdi um pouco a paz porque, de fato, não queria fazer uma viagem apenas para um atendimento social e médico. Não queria ir embora sem compartilhar a palavra do Senhor e o seu amor libertador.


Mas foi aí que, inesperadamente, surgiu uma oportunidade que não imaginava. Uma pessoa da equipe era médica psiquiatra e irmã em Cristo. Ela veio a mim e me pediu para ajudá-la. O pedido era assim - se ela percebesse, durante os atendimentos, que alguma pessoa estivesse precisando de um cuidado espiritual, de uma conversa sobre o amor de Deus, e não de medicamentos psiquiátricos, eu poderia conversar um pouco com esta pessoa. "Sim, poderia. Claro." disse à medica. Então combinamos e fiquei à disposição.


Recebi então uma chamada da médica psiquiatra. Ela me encaminhou uma jovem de 16 anos, acompanhada por uma senhora. Durante a conversa, a jovem então me falou que ela estava decorando o Salmo 91, "Aquele que habita no esconderijo do altíssimo...". Foi uma porta que o Senhor abriu e nos levou a uma conversa sobre nossa necessidade de Deus e do seu amor. Eu disse àquela jovem que o versículo 15 do salmo 91 afirmava que, "Ele me invocará e eu o livrarei da angústia (...)." Foi maravilhoso. Houve rendição aos pés de Jesus Cristo, nosso salvador.


Ali, eu entendi que Deus não permitiu as ações planejadas porque Ele tinha reservado aquele momento com aquelas pessoas que conheci. Ele as amava e tinha um plano para elas, assim como para minha vida.


No outro dia, pude também conversar com uma outra pessoa encaminhada pela médica psiquiatra. Era uma irmã em Cristo e foi muito bom incentivá-la na caminhada cristã.


Além disso, tivemos também um tempo precioso com a equipe de médicos. Um tempo de compartilhar e anunciar as boas novas do amor de Deus.


Estou com meu coração em paz. Poderia não estar na minha agenda. Saiu diferente do que eu havia planejado. Como diz a palavra, "o homem faz planos, mas a resposta certa vem dos lábios do Senhor"."


Nesta ação missionária em Pauini, tivemos o apoio da organização "Brasil por Vidas" e da Prefeitura de Pauini.


Durante os dias de atendimento, foram realizadas mais de 20 cirurgias e mais de 55 consultas de psiquiatria.


Quão bom é andar nos caminhos do Senhor! Ele faz maravilhas.


Que possamos caminhar assim, invocando o nome dEle e por Ele sendo guiados, capacitados, salvos e transformados. A Jesus Cristo toda honra e louvor.


Grandes maravilhas faz o Senhor, em todo tempo.


 

ENVOLVA-SE


CONHEÇA TAMBÉM




0 comentário

Opmerkingen

Opmerkingen zijn niet geladen
Het lijkt erop dat er een technisch probleem is opgetreden. Probeer nogmaals verbinding te maken of de pagina te vernieuwen.
bottom of page