top of page

Boas Notícias | Os diversos lados da Missão

| AMAZÔNIA | VIAGENS MISSIONÁRIAS


Uma viagem missionária de barco pelas Comunidades Ribeirinhas da Amazônia é uma das belezas da vida e do Reino de Deus.



Dentro do barco, estão as pessoas que vieram de longe - para ajudar com suas profissões, dons e talentos - aos que moram mais distante.


Nas comunidades, pessoas que moram distantes dos centros urbanos e que têm dificuldades para chegar aos hospitais, dentistas e a outras pessoas, encontram, durante alguns dias, aqueles que vieram de longe para ajudar, com suas vidas e profissões.


É como um sonho. É como um sopro de vida e de ânimo.


Aqui, vamos contar um pouco dos diversos lados de uma viagem missionária.


A equipe local.

Para uma viagem acontecer, muitos trabalham antes do barco navegar, e durante os dias de navegação.


Ao ouvir alguns testemunhos de pessoas da equipe de Asas de Socorro em Manaus, somos abençoados ao perceber uma das dimensões do Reino - a vivência daqueles que levam ao seu destino aqueles que servem com suas vidas, profissões e talentos.


Testemunhos de quem serve na equipe local:


“Trabalho na cozinha, preparando as refeições de todos que estão no barco. Deus sempre traz pessoas para conversar comigo enquanto estou cozinhando, e cuida de mim, das minhas necessidades. Nesta última viagem, fiz um procedimento cirúrgico que estava precisando, com a médica voluntária. Meu esposo e filha também foram atendidos pelos profissionais. Tive oportunidade de ser cuidada, e de testemunhar do amor de Deus. Tenho medo de tempestade e de chuvas, quando estamos navegando no barco, mas Deus está trabalhando na minha vida e me libertando do medo.”  Elma Sicsu, parte da equipe coordenadora dos trabalhos realizados no barco durante as viagens.


“Era o final do dia, estávamos fechando a cozinha do barco, quando comecei a conversar com uma das voluntárias. Ela me contou sobre suas dificuldades e frustações. Oramos e ela disse que procuraria uma igreja, ao voltar para casa. Foi uma alegria ser útil para a vida desta voluntária. Deus prepara os momentos e os encontros durante as viagens missionárias.” William Gomes, parte da equipe do administrativo e financeiro da base de Manaus.


“Ao servirmos, somos transformados.” Tiago Lopes, voluntário.


“A vida missionária não é tão romântica, mas também não é decepcionante. Deus sempre é muito fiel. Se precisasse, faria tudo de novo.” Ernani Ribeiro, parte da equipe coordenadora do barco.  


Uma outra perspectiva | O profissonal voluntário


Ismael Fernandes é dentista e acompanhou a equipe de estudantes de Odontologia e Medicina da UniEvangélica - Centro Universitário localizado em Anápolis-Goiás, na última viagem missionária realizada por Asas de Socorro pelas comunidades ribeirinhas, em pareceria com a UniEvangélica.


Durante os dias da viagem pela Amazônia, Ismael viu de perto como é a vida em uma comunidade de várzea, onde a seca e a cheia do rio afetam diretamente a rotina dos dias e noites dessa população.


Ismael ficou especialmente tocado ao ver as crianças chegarem da escola logo cedo pela manhã; descerem do barco e andarem descalços pela terra molhada.


“Em nossas cidades e rotinas, é tudo tão fácil e rápido. Lá na comunidade, o barco é lento, as distâncias são longas, é preciso acordar muito cedo para chegar à escola, e enfrentar a lama quando o rio enche. As crianças já descem do barco sem os sapatos, para caminharem pela lama e chegarem até a escola. Por outro lado, as casas são super limpas, as pessoas super receptivas e alegres.



Acredito que todos precisam ir para ajudar e conhecer a realidade destes locais tão diferentes dos que vivemos. Na comunidade em que estávamos, um pai gastaria R$320,00 para ir e voltar com seu filho ao médico, localizado na cidade. Para cada trecho de deslocamento é R$80,00 por pessoa. É inviável!


Precisamos ajudar, seja indo ou enviando recursos financeiros para que estas viagens aconteçam e a ajuda chegue até estes lugares distantes. Há pessoas que deixaram tudo para estarem lá, servindo integralmente com suas vidas e profissões. Nossa fidelidade em contribuir é muito importante para que estas viagens e o trabalho continue acontecendo.


Em minha vida, gosto de fazer o melhor, com o tempo e os recursos que tenho. Nas comunidades, atendemos muitas pessoas e uma em especial, gastamos quatro horas realizando restaurações e fazendo facetas nos seus dentes, que estavam bastante danificados. Era uma mulher que antes só sorria tampando a boca e agora passou a sorrir sem precisar esconder seus dentes.


Ficamos felizes e os pacientes também.


Plantamos e regamos sementes de amor no coração e vida das pessoas.”



Por outro lado, uma estudante de medicina voluntária


Ana Júlia Fernandes é estudante de Medicina do 10º período


Ela realizou o sonho de conhecer uma comunidade ribeirinha através da última viagem de Asas de Socorro com a UniEvangélica.


Ana Júlia voltou para sua casa em Anápolis-Goiás muito mais animada a continuar, mais consciente de seu propósito enquanto profissional e serva de Cristo.


“Sempre tive vontade de ir para uma viagem missionaria na Amazônia, mesmo antes de entrar para a faculdade de Medicina.


Queria de alguma forma, servir a população ribeirinha. Mas, na verdade, com a experiência da viagem, pude descobrir meu verdadeiro propósito com minha profissão.


O foco não é curar com remédio, com apenas o que a medicina oferece, mas ao contrário, ajudar a curar almas.


Muitas vezes, não terei os recursos para ajudar a todos a curar o corpo, mas posso sempre tentar ajudar a curar a alma, com uma conversa, com uma oração. A experiência da viagem missionária me fez descobrir meu propósito, como médica e como serva de Cristo.


Sou grata. Voltei para casa mais humilde, mais consciente das bençãos que tenho e mais convicta da importância de minha profissão. Fiquei com vontade de continuar.


Se você tem receios, não precisa temer. Todos devemos ter experiências como estas. Elas nos transformam.”


| AVIAÇÃO MISSIONÁRIA



Nossos aviões e pilotos pousam e decolam para levar o amor de Deus e sua palavra mais longe.


Nestes últimos dias, por exemplo, um de nossos pilotos, Tim Reed, está apoiando o transporte de líderes, pastores e missionários para localidades distantes, em Tabatinga e Cruzeiro do Sul.


Em parceira com a Missão do Céu, nosso piloto e aeronave estão abençoando o trabalho missionário em localidades de difícil acesso.


Bençãos do amor de Deus. Privilégio de Servir!



| MANUTENÇÕES NA OFICINA

O trabalho dos nossos mecânicos continua.


Na aeronave de Boa Vista-RR, PR-EIB, foi realizada uma recente manutenção de rotina, a qual é feita a cada 50 horas, a fim de deixá-la sempre em sua melhor condição de voo.


Em Anápolis-GO, o foco permanece na restauração da aeronave PT-LOO. Foi instalado o trem de pouso, um dos principais equipamentos do avião, que é utilizado na decolagem e na aterrissagem. O próximo passo é seguir na pintura dessa aeronave. Continue orando pelo nosso trabalho.


Somos as asas e as embarcações dos que vão, enquanto vocês são o nosso apoio, para que possamos continuar levando missionários e profissionais de saúde aos lugares mais distantes do Brasil, no interior da Amazônia.


 

ENVOLVA-SE






0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page